Antropónimos seta NOGUEIRA, Francisco

Este fidalgo da Casa Real era filho de Afonso Nogueira de Brito e Isabel Jaques, filha de Diogo Jaques de Lagos. Era primo como tio de muitos do Britos que andaram na Índia durante o reinado de D. Manuel I. Em 1507 e 1508, recebeu uma tença anual de 15 mil reis retirados da sisa de Lisboa. Era casado com Catarina de Azevedo, que recebia 4 móios de trigo de mercê régia, ordenados ao almoxarife do reguengo de Oeiras. Em 1512, quando partiu para a Índia como capitão da armada fez-se acompanhar por dois dos seus filhos, o primogénito, Afonso Nogueira, e o mais novo, Gomes Nogueira. A sua aventura oriental começou com um percalço, pois o seu navio naufragou em Angoxa, mas salvou-se a tripulação. Uma vez na Índia, Afonso de Albuquerque incumbiu-o do processo de paz com Calecut, onde os portugueses haveriam de construir uma fortaleza, tornando-se o seu primeiro capitão. Foi substituído por Álvaro Teles, que desembarcou na Índia em 1515. Em 1518, é referido como membro do Conselho Régio.

Bibliografia:
LACERDA, Teresa, Os Capitães das Armadas da Índia no Reinado de Manuel I – uma avaliação social, Cascais, Câmara de Cascais, 2008, no prelo.

Autor: Teresa Lacerda


  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir