Antropónimos seta TRINDADE, Madre Belchiora da

Natural de Manila, filha de Pedro Manhoz Ferreira e de D. Francisca, integrou o grupo de clarissas fundadoras do Convento de Santa Clara de Macau. Chegou a Macau em 1633, juntamente com as Madres Leonor de S. Francisco, Madalena de Vera Cruz, Margarida de la Concepcion, Clara de S. Francisco, e Joana de la Concepcion. Desconhecendo-se a data em que professou, sabemos no entanto que apenas com vinte e dois anos foi Mestra de Noviças, e duas vezes Abadessa. Uma vez depois da Madre Leonor de S. Francisco, primeira Abadessa em Macau, e outra depois da Madre Maria Madalena de Vera Cruz. Em 1644 não abandonou Macau à semelhança desta última, de Margarida de la Concepcion, e de Clara de S. Francisco, que na companhia do frei António de Santa Maria, e frei António del Puerto seguiram no chó capitaneado por D. João Cláudio. Morreu em 2 de Setembro de 1652.

Bibliografia:
PENALVA, Elsa, «Mulheres em Macau 1633-1644», Actas do Colóquio Internacional Macau no Período Ming, Centro Científico e Cultural de Macau, I.P., Centro Científico e Cultural de Macau, I.P, 2007 (no prelo).

Autor: Elsa Penalva


  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir