Antropónimos seta JUSTO Kazariya (1570-1629/30)

Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Nagasáqui, por volta de 1570 e faleceu em 1629 ou 30. Também conhecido como Justo Yamada. Entrou no seminário de Arima, em 1585, e foi admitido na Companhia em Janeiro de 1590. Em 1603 trabalhava na residência de Uchime, onde era companheiro do padre António Álvares. Entre 1603 e 1607 estava na residência de Chijiwa, e em 1613 na de Urakami. Partiu para Macau em Novembro de 1624. Aí estudou Casos de Consciência, a partir de 1616, e em Maio de 1624 foi ordenado sacerdote. Depois trabalhou na Cochinchina e no Camboja.

Bibliografia:
COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado). Monumenta Historica Japoniae, dir. de Josef Franz Schütte S. J., Roma, Institutum Historicum Societatis Iesu, 1975.

Autor: Helena Rodrigues


  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir