Antropónimos seta MARQUES, Pedro (1575-1657)

Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Morão, por volta de 1575, e faleceu no Japão, a 12 de Junho de 1657. Foi admitido na Companhia, em Évora, em 1592. Partiu para a Índia em 1600 e aí ensinou latim entre 1600 e 1603, ano em que seguiu para Macau, já ordenado sacerdote. Chegou ao Japão em 1609 e trabalhou especialmente na zona de Kuchinotsu. Em 1612 foi um dos 4 padres que permaneceram clandestinamente no território de Arima mas no início de 1613 fora obrigado a retirar-se para Nagasáqui, devido às perseguições. Regressou a Macau em Novembro de 1614. Em 1615 era consultor do colégio de Macau, e tornou-se professo de 4 votos, nesta cidade, a 21 de Outubro de 1616. Nesse mesmo ano, foi enviado para o Camboja, mas foi expulso e regressou a Macau, em 1617. Em 1618 ensaiou novo trabalho na Cochichina, mas também foi mal sucedido. Depois, em 1627 partiu para o Tonquim, mas estava de novo em Macau, em Maio de 1630. Fundou depois uma missão na ilha de Hainão, mas em 1635 estava uma vez mais em Macau. Em 22 de Junho de 1643 entrou no Japão pela via das Filipinas, mas foi capturado pouco depois e apostatou durante as torturas.

Bibliografia:
COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado). Monumenta Historica Japoniae, dir. de Josef Franz Schütte S. J., Roma, Institutum Historicum Societatis Iesu, 1975.

Autor: Helena Rodrigues


  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir