Antropónimos seta RAMÓN, Pedro (c.1550-1611)

Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Saragoça, por volta de 1550, e faleceu em Nagasáqui, em Agosto de 1611. Foi admitido na Companhia em Compluti. Fez o noviciado em Roma e foi ordenado sacerdote em Coimbra, em 1573. Partiu para a Índia em 1574 e em Dezembro de 1575 participou na consulta provincial de Chorão. Chegou ao Japão em 1577 e foi durante muito tempo mestre de noviços. Tornou-se professo de 4 votos em Amakusa, em Agosto de 1591. Em 1593 era reitor do Seminário, depois de ter sido muitos anos reitor da Casa de Provação. Partiu para Macau em Outubro de 1595, a fim de se curar de um dor no joelho direito, que o levava a necessitar de muletas para andar. Retornou ao Japão, provavelmente, no final de 1599, e foi colocado na residência de Uto, em Higo. Trabalhou, seguidamente, na residência de Hakata entre 1601 e 1610. Depois, doente regressou a Nagasáqui, onde viria a falecer. Sabia pregar em japonês e traduziu algumas das obras impressas pelos jesuítas. Distinguiu-se também no ensino do canto gregoriano.

Bibliografia:
Alexandre Valignano S.J., Sumario de las cosas del Japón (1583). Adiciones al Sumario de Japón (1592), ed. crítica de José Luis Alvarez-Taladriz, Tóquio, Monumenta Nipponica Monographs, nº 9, Sophia University, 1954. COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado). Jesús López-Gay S.J., La liturgía en la mission del Japón del siglo XVI, Roma, 1970.

Autor: Helena Rodrigues


  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir