Bibliografias seta RAU, Virgínia

1985
Estudos de história medieval, Lisboa, Presença.

1984
“Alguns aspectos das relações luso-alemãs nos princípios do século XVI”, in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, pp. 285-290.

“Um contrato inglês na Torre do Tombo (1566-1567), in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, pp. 11-16.

Estudos sobre a história do sal português, Lisboa, Presença.

Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença. 1982
Feiras medievais portuguesas : subsídios para o seu estudo, Lisboa, Presença.

1980
“Portugal im Hoch- und Spãtmittelalter”, Sep. de Handbuch der europãischen Wirtschafts – und Sozialgeschichte, Band 2, Estugarda, s.n., pp. 371-396 (em co-autoria com José Mattoso).

1974
“Um florentino ao serviço da expansão ultramarina portuguesa, Francisco Corbinelli”, Sep. de Memórias, vol. 4, Lisboa, s.n., pp. 107-141.

“Notes sur la traite portugaise à la fin du XV e siécle et le florentin Bartolomeo di Domenico Marchionni”, Sep. de Bulletin de l'Institut Historique Belge de Rome, 44, Bruxelles Rome, pp. 535-543.

1973
Portugal e o Mediterrâneo no século XV : alguns aspectos diplomáticos e económicos das relações com a Itália, Lisboa, Centro de Estudos da Marinha.

1972
Direcção da revista Do Tempo e da História, vol. V, Lisboa, Centro de Estudos. Históricos.

“Alguns estudantes e eruditos portugueses em Itália no século XV”, in Do Tempo e da História, vol. V, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 29-99.

“Aspectos do «trato» da «adiça» e da «pescaria» do «coral» nos finais do século XV”, in Do Tempo e da História, vol. V, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 143-157. “Les escales de la «Carreira da Índia» XVIIe et XVIIIe siècles”, Sep. de Les Temps Modernes, 2ª parte de Les Grandes Escales, Bruxelas, Librairie Encyclopédique, pp. 7-28.

1971
Achegas para o estudo da construção naval durante os séculos XVII e XVIII na Ribeira do Ouro – Porto, Lisboa, Grupo de Estudos de História Marítima (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 271-284).

O açúcar de São Tomé no segundo quartel do século XVI, Lisboa, Centro de Estudos de Marinha.

Direcção da revista Do Tempo e da História, vol. IV, Lisboa, Centro de Estudos Históricos.

“Bartolomeo di Iacopo di ser vanni mercador-banqueiro florentino «estante» em Lisboa nos meados do século XV”, in Do Tempo e da História, vol. IV, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 97-117.

“As ordens militares e a tributação régia, em Portugal”, in Do Tempo e da História, vol. IV, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 119-123 (em co-autoria com Iria Gonçalves).

1970
Direcção da revista Do Tempo e da História, vol. III, Lisboa, Centro de Estudos Históricos.

“Morte ou Libertação del-rei D. Afonso VI”, in Do Tempo e da História, vol. III, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 169-192.

“Les portugais et la route terrestre des Indes à la Méditerranée aux XVIe et XVIIe siécles”, Sep. de Mediterraneo e Oceano Indiano, Florença, Leo S. Olschki, pp. 91-98.

“Privilégios e legislação portuguesa referentes a mercadores estrangeiros : séculos XV e XVI”, Sep. de Fremde Kaufleute auf der iberischen Halbinsel, Colónia, Böhlau Verlag, pp. 15-30 (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 203-225).

“Um "trabalho divertido" do Conde da Ericeira : a história de Portugal restaurado”, Sep. de Aufsätze sur Portugiesischen Kulturgeschichte, 10, s.l., s.n., pp. 304-310.

1969
“Cenas da vida parisiense na correspondência de Duarte Ribeiro de Macedo (1668-1676)”, Sep. de Bulletin des Études Portugaises, Nova Série, Tomo 30, pp. 95-117 Direcção da revista Do Tempo e da História, vol. II, Lisboa, Centro de Estudos Históricos.

“Les emblèmes et l’histoire des techniques au Portugal au cours des XVe et XVIe siècles”, Sep. de Mélanges en l’honneur de Fernand Braudel, s.n., pp. 487-496.

Inventário post mortem del-rei Dom Pedro II, Lisboa, Instituto de Alta Cultura (edição e introdução, em co-autoria com Eduardo Borges Nunes).

“Italianismo na cultura jurídica portuguesa do século XV”, Sep. da Revista portuguesa de história, t. XII, Coimbra, pp. 185-206.

Livro de cartas : que escreverão ao ilustrissimo senhor Francisco de Mello, Marques de Sande, sendo embaxador extraordinario em Inglaterra, e França em os annos de 658 athe 665 (edição e notas de Virgínia Rau), Lisboa, Centro de Estudos Históricos.

“Política económica e mercantilismo na correspondência de Duarte Ribeiro de Macedo (1668-1676)”, Sep. de Do Tempo e da História, vol. II, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 3-48 (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 229-267).

1968
Cartas de Dom Francisco Manuel de Melo a Duarte Ribeiro de Macedo (publicadas com um estudo introdutório por Virgínia Rau), Lisboa, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Carta de Dom Manuel I ao rei de Aragão, D. Fernando, sobre a tomada de Goa (edição e notas de Virgínia Rau e Eduardo Borges Nunes), Lisboa, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Estudos de História, Lisboa, Verbo.

“Le sel portugais : les courants du trafic du sel portugais du XIVe au XVIIIe siècle”, Sep. de Publications de la Faculté des Lettres et Sciences Humaines de Paris, Série Recherches, Tomo 37, Paris, Presses Universitaires de France, pp. 53-71.

1967
“Affari e mercanti in Portogallo dal XIV al XVI secolo”, Sep. de Economia e storia: rivista italiana di storia economica e sociale, fasc. 4, Milão, pp. 447-456.

Nota prévia da obra de Manuel Henrique Corte-Real, A feitoria portuguesa na Andaluzia (1500-1532), Lisboa, Instituto de Alta Cultura – Centro de Estudos Históricos.

“Note sur les facteurs portugais en Andalousie au XVe siècle”, Sep. de Jahrbuch für Geschichte von Staat, Wirtschaft und Gesellschaft Lateinamerikas, Band 4, Colónia, pp. 122-127.

1966
“Un document portugais sur la peste noire de 1348”, Sep. de Annales du Midi, t. 78, nº 77-78, Toulouse, pp. 331-334.

“ Feitores e feitorias «instrumentos» do comércio internacional português no século XVI”, Sep. de Brotéria, vol. 81, Lisboa (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 143-199).

Introdução da obra de Luís Filipe Ferreira Reis Tomás, De Malaca a Pegu : viagens de um feitor português, 1512-1515, Lisboa, Instituto de Alta Cultura – Centro de Estudos Históricos.

Nota prévia da obra de Frei Miguel Soares, Serões do Príncipe, Iª Parte, Lisboa, Centro de Estudos Históricos da Faculdade de Letras.

1965
“Dados sobre a emigração madeirense para o Brasil no século XVIII”, Sep. Actas do V Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros, vol. 1, Coimbra, Gráfica de Coimbra.

Direcção da revista Do Tempo e da História, vol. I, Lisboa, Centro de Estudos Históricos.

“Um grande mercador-banqueiro italiano em Portugal : Lucas Giraldi”, Sep. de Estudos italianos em Portugal, n.º 24, Lisboa.

Introdução, juntamente com Jorge Borges de Macedo, da obra de Pedro de Mariz, História da vida, milagres e canonização do bem-aventurado S. Hyacintho da Ordem dos Pregadores, Lisboa, Instituto de Alta Cultura.

Nota prévia da obra de Maria Alcina Ribeiro Correia, Sebastião José de Carvalho e Mello na corte de Viena de Áustria : elementos para o estudo da sua vida pública : (1744-1749), Lisboa, Instituto de Alta Cultura.

Nota prévia da obra de Maria Emília Madeira Santos, Relações diplomáticas entre Portugal e Veneza : 1641-1649, Lisboa, Instituto de Alta Cultura.

Nota prévia da obra de Maria Valentina Cotta do Amaral, Privilégios de mercadores estrangeiros no reinado de D. João III, Lisboa, Instituto de Alta Cultura.

“Para a história da população portuguesa dos séculos XV e XVI (resultados e problemas de métodos)”, in Do Tempo e da História, vol. I, Lisboa, Centro de Estudos Históricos, pp. 7-46.

Prefácio da obra de Maria Olímpia da Rocha Gil, Arroteias no Vale do Mondego durante o século XVI : ensaio de história agrária, Lisboa, Centro de Estudos Históricos da Faculdade de Letras.

“Presúrias e sesmos no povoamento de Portugal até ao século XIII”, Sep. de Homenaje a Jaime Vicens Vives, vol. I, Barcelona, s.n., pp. 567-570.

1964
“Discurso : congresso internacional de etnografia”, Sep. de Revista de Etnografia, 3, Porto, Junta Distrital.

“O infante Dom Pedro e a regência do reino em 1439”, Sep. da Revista da Faculdade de Letras, III série, n.º 8, Lisboa, pp. 143-150.

“Relações diplomáticas de Portugal durante o reinado de D. Afonso V”, Sep. de Aufsatze zur portugiesischen kultturgeschichte, 4 band, Münster, Aschendorffsche Verlagsbuchhandlung, pp. 247-260.

The settlement of Madeira and sugar cane plantations, Wageningen, s.n.

1963
“Aspectos étnico-culturais da ilha de Moçambique em 1822”, in Studia, XI, Lisboa, Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, pp. 123-162.

“Cartas de Lisboa no Arquivo Datini de Prato”, Sep. de Estudos Italianos em Portugal, nºs 21-22 (1962-1963), Lisboa.

Elementos para a história bancária de Portugal (1797-1820), Lisboa, Instituto de Alta Cultura.

“Para o estudo da Peste Negra em Portugal”, Sep. de Bracara Augusta, vol. XIV-XV, n.º 1-2, Braga, s.n.

“O roteiro inédito de Vicente de Sintra de Goa para Moçambique”, in Studia, XI, Lisboa, Centro de Estudos Históricos Ultramarinos.

“Rumos e vicissitudes do comércio do sal português nos séculos XIV a XVIII”, Sep. da Revista da Faculdade de Letras de Lisboa, III série, n.º 7, Lisboa.

1962
O açúcar da Madeira nos fins do século XV. Problemas de produção e comércio, Funchal, Junta-Geral do Distrito Autónomo do Funchal (em co-autoria com Jorge Macedo).

“No tricentenário do casamento real anglo-português de 1662”, Sep. Arquivo de bibliografia portuguêsa, ano VII, 27-28, Coimbra.

Prefácio da obra do Instituto de Alta Cultura, Itinerários régios medievais : elementos para o estudo da administração medieval portuguesa, Centro de Estudos Históricos.

1961
“O açúcar na Ilha da Madeira : análise de um cálculo de produção dos fins do século XV”, Sep. de Actas Congresso Internacional História dos Descobrimentos, 5, Lisboa, s.n. (em co-autoria com Jorge Macedo).

Arquivos de Portugal: Lisboa, Lisboa, Comissão Cultural Luso-Americana.

“Aspectos da legislação portuguesa sobre câmbios durante o século XVI”, Sep. de Studi in onore di amintore Fanfani, vol. V, Milão, A. Giuffrè, pp. 517-524 (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 133-139).

“Aspectos do pensamento económico português durante o século XVI”, Sep. de Comércio Português, n.º 171-173, Lisboa (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 83-129).

Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática.

“Fontes para o estudo da economia marítima portuguesa”, in Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática.

“A grande exploração agrária em Portugal a partir dos fins da Idade Média”, in Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática; Sep. da Revista de história, n.º 61 (1965), São Paulo, pp. 65-74; e in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 55-65.

“Os mercadores banqueiros estrangeiros em Portugal no tempo de D. João III (1521-1557)”, in Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, pp. 67-82).

“Um mercador luso-brasileiro no século XVIII”, in Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, pp. 19-25).

“Os registos paroquiais e a sua importância para o estudo da sociedade luso-brasileira no século XVIII” in Estudos de história económica, Lisboa, Edições Ática (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, pp. 45-54).

1960
“Large-Scale agricultural enterprise in post-medieval Portugal”, Sep. de Première Conférence Internationale d'Histoire Économique, Estocolmo, pp.425-432.

“Les marchands-banquiers étrangers au Portugal : sous le règne de João III”, Sep. de Les aspects internationaux de la decouverte Oceanique aux XV XVI siecles. Actes du cinquieme Colloque International d'Histoire Maritime, Paris, S.E.V.P.E.N., pp. 295-307.

Prefácio da obra de João Albino Pinto Ferreira, O comércio do vinho do Porto através da correspondência de John Whitehead, cônsul britânico na mesma cidade, endereçada a Mr. Warre, (1793-1800), Porto, Câmara Municipal.

1959
“Fortunas ultramarinas e a nobreza portuguesa no século XVII”, Sep. da Revista Portuguesa de História, t. VIII, Coimbra, pp. 1-25 (também in Estudos sobre história económica e social do Antigo Regime, Lisboa, Presença, 1984, pp. 29-46).

“Os Brandões do Porto: uma fortuna do século XV”, Sep. do Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto, vol. XXII, fasc. 3-4, Porto.

“Pareceres teológico-jurídicos das Universidades de Salamanca e de Alcalá em 1596”, Sep. da Revista da Faculdade de Letras de Lisboa, 3ª série, n.º 3, Lisboa.

Os três mais antigos regimentos dos contos (1384, 1419 e 1434), Lisboa, Tribunal de Contas.

1958
“A embaixada de Tristão de Mendonça Furtado e os arquivos notariais holandeses”, in Anais da Academia Portuguesa da História, Vol. 8, II série, Lisboa, p. 93-160.

“O movimento da barra do Douro durante o século XVIII : uma interpretação”, Sep. de Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto, vol. XXI, fasc.1-2, Porto.

“O Pe. António Vieira e a fragata Fortuna”, Sep. de Studia, II, Lisboa, Centro de Estudos Históricos Ultramarinos.

1957
“A family of Italian merchants in Portugal in the XVth century : the Lomellini”, Sep. de Studi in onore di Armando Sapori, Milão, Istituto Editoriale Cisalpino, pp. 717-726.

1956
Elogio do Eng.º Joaquim Bensaúde, Lisboa, Academia Portuguesa da História.

“Uma família de mercadores italianos em Portugal no século XV : os Lomellini”, Sep. Revista da Faculdade de Letras de Lisboa, tomo XXII, 2ª série, n.º 2, Lisboa.

“Marcelo Caetano – As cortes de 1385 : recensão”, Sep. da Revista Portuguesa de História, t. V, Coimbra, s.n.

Prefácio da obra de António Coelho Guerreiro, O Livro de Rezão, Lisboa, Companhia de Diamantes de Angola.

1955 – 1958
Os manuscritos do arquivo da Casa de Cadaval respeitantes ao Brasil, 2 vols., Coimbra, Universidade de Coimbra (em co-autoria com Maria Fernanda Gomes da Silva).

1955
“A primeira Batalha dos Guararapes descrita por André Vidal de Negreiros”, Sep. de Brasília, vol. IX, Coimbra, Universidade de Coimbra.

1954
“Bibliografia”, Sep. Revista da Faculdade de Letras de Lisboa, tomo XIX, 2ª série, n.º 3, Lisboa.

“Relação inédita de Francisco de Brito Freire sobre a capitulação do Recife”, Sep. de Brasília, vol. IX, Coimbra, Coimbra Editora.

“Subsídios para o estudo do movimento dos portos de Faro e Lisboa durante o século XVII”, Sep. de Anais da Academia Portuguesa da História, 2ª série, Lisboa, Vol.5, Lisboa, pp. 199-277.

1953
“Alleged fifteenth-century Portuguese joint-stock companies and the articles of Dr. Fitzler”, Sep. de Bulletin of the Institute of Historical Research (26), s.l., s.n., pp. 181-200 (em co-autoria com Bailey W. Diffie).

1952
“La toponymie et le peuplement du Portugal aux temps prehistoriques”, Sep. de Compte Rendu du XVI Congrès International de Géographie, Lisbonne, 1949, Lisboa, s.n., pp. 214-216.

1951
A Casa dos Contos, Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A exploração e o comércio do sal de Setúbal. Estudo de história económica, Lisboa, Instituto para a Alta Cultura.

Mapa da “Distribuição actual de marinhas, arrozais e sapais no estuário do Sado”, in A exploração e o comércio do sal de Setúbal. Estudo de história económica, Lisboa, Instituto para a Alta Cultura.

1950
“Notes regarding the British consuls in Lisbon of the 17th century”, Annual Report & Review, Lisbon Branch, Historical Association, 10 (1946-1950), s.l., s.n., pp. 634-638.

1949
Estremadura et Ribatejo : livret-guide de l'excursion D, Lisboa, Union Géographique Internationale (em co-autoria com Georges Zbyszewski).

“Regimento da Casa dos Contos de Goa de 1589”, Sep. de Revista do Centro de Estudos Económicos, n.º 9, Lisboa.

“Os holandeses e a exportação do sal de Setúbal nos fins do século XVII”, Sep. da Revista Portuguesa de História, t. IV, Coimbra, pp. 47-106.

1948
“Les démelés du marquis d’Oppède, ambassadeur de Françe, avec les étudiants de Lisbonne”, Sep. de Bulletin Hispanique, t. 50, n.º 1, Bordéus, pp. 68-78.

“Les recherches et découvertes prehistoriques au Portugal à partir de 1940”, Sep. de Rivista di scienze preistoriche, vol. 3, fasc. 1-2, Florença, pp. 58-83.

1947
“Alguns eruditos e bibliógrafos do século XVIII”, Sep. da Revista da Faculdade de Letras, Lisboa.

“Cartas de D. Luís da Cunha para o 1º Duque de Cadaval (1715-1725)”, Sep. da Revista da Faculdade de Letras, t. XII, 2ª série, Lisboa.

“Exploração de ferro em Rio Maior no século XIII”, Sep. da Revista Portuguesa de História, t. III, Coimbra, pp. 199-202.

“Feiras portuguesas do século XII”, Sep. Revista portuguesa de história, t. III, Coimbra, pp. 196-198.

“Inventário dos bens da rainha da Grã-Bretanha D. Catarina de Bragança”, Sep. do Boletim da Biblioteca da Universidade de Coimbra, vol. XVIII, Coimbra.

1946
Sesmarias medievais portuguesas, Lisboa, s.n. (tese de doutoramento em Ciências Históricas, apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Letras). “Uma tentativa de colonização da Serra Leôa no século XVII”, Sep. de Las Ciencias, ano XI, n.º 3, Madrid, pp. 604-631.

1945
“Da originalidade do paleolítico inferior no litoral português”, Sep. de Las Ciencias, ano X, n.º 3, Madrid.

“Letters from Catherine of Bragança, Queen-Consort of Charles II, to her brother, Dom Pedro, King of Portugal”, Annual Report & Review, Lisbon Branch, Historical Association, 9, s.l., s.n., pp. 559-572 (Edição crítica de Virgínia Rau).

A Tôrre do Tombo em 1631, Lisboa, Bertrand.

1944
“King Charles II and Queen Catherine: two letters”, Annual Report & Review, Lisbon Branch, Historical Association, 8, s.l., s.n., pp. 514-521 (Edição crítica de Virgínia Rau).

1943
“A British hermitage at Mouriscas?”, Annual Report & Review, Lisbon Branch, Historical Association, 7, s.l., s.n., pp. 480-483.

“An English charter-party in the Torre do Tombo (Portuguese Archives), 1566-1567”, Annual Report & Review, Lisbon Branch, Historical Association, 7, s.l., s.n., pp. 442-452.

Subsídios para o estudo das feiras medievais portuguesas, Lisboa, s.n. (tese de licenciatura em Ciências Históricas e Filosóficas apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

1941
“Dona Catarina de Bragança, rainha de Inglaterra”, Sep. de O Instituto, vol. 98, Coimbra, Coimbra Editora.

1939
“Egas Moniz”, Sep. de O Instituto, vol. 95, Coimbra, Instituto de Coimbra.



  Enviar a um amigo Enviar a um amigo Imprimir Imprimir