Antropónimos seta MENDONÇA, Pêro de

Este fidalgo da Casa Real era filho de João de Brito e de D. Maria de Mendonça. Era meio-irmão de Cristóvão de Brito, capitão da armada da Índia de 1511 e capitão-mor da de 1514; de Lopo de Brito, capitão do Ceilão (1519-1522); de António de Brito, capitão das Molucas (1522); e de Jorge de Brito, capitão da armada da Índia de 1511 e capitão-mor em 1520. Em 1504, partiu para o Oriente como capitão da armada. Por ordem do capitão-mor Lopo Soares de Albergaria foi carregar especiarias a Coulão com os capitães Lopo de Abreu, António de Saldanha, Rui Lourenço e Filipe de Castro. Perdeu-se na viagem de regresso para Portugal, razão pela qual foi, em 1505, organizada uma armada extraordinária composta por Cid Barbudo e Pêro Quaresma de busca a este capitão e a Francisco de Albuquerque que também havia desaparecido.

Bibliografia:
LACERDA, Teresa, Os Capitães das Armadas da Índia no Reinado de Manuel I – uma avaliação social, Cascais, Câmara de Cascais, 2009, no prelo.

Autor: Teresa Lacerda