Antropónimos seta TORRES, Baltasar de (1563-1626)

Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Granada, por volta de 1563 e faleceu em Nagasáqui, a 20 de Junho de 1626. Entrou na Companhia em 1579. Partiu para a Índia em 1586, invernou em Moçambique e chegou a Goa no ano seguinte; partiu depois para Macau em 1590, e seguiu para o Japão em 1600. Em 1601 tornou-se professo de 4 votos. Depois de estudar língua japonesa em Arima, foi destacado para a residência de Nakatsu, em Buzen, e em 1603 foi transferido para a residência de Nanazawa, onde esteve seis anos; visitou depois a ilha de Shikoku. Permaneceu no Japão em Novembro de 1614, e continuou a trabalhar no Kinai. Estava em Ôsaka, aquando da morte de Toyotomi Hideyori, e em Sakai, a 18 de Janeiro de 1616. Foi chamado a Nagasáqui em 1619. Foi capturado a 20 de Março de 1626, morrendo pelo suplício da fogueira.

Bibliografia:
COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado).

Autor: Helena Rodrigues